Página inicial > Hardcore > G > Gangrena Gasosa > Carnossauro Diet

Carnossauro Diet

Gangrena Gasosa

Gente Ruim Só Manda Lembrança Pra Quem Não Presta


Eu diria sinto muito
Se por acaso lamentasse
Mas não troco meu churrasco
Por um monte de alface

A carne pinga sangue
O copo cheio de cerveja
É a maneira mais sincera
De curtir a natureza

Entenda a necessidade
De resistir a essa frescura
Desde o tempo da caverna
A gente come carne crua

Não quero nem saber
Se é cruel ou vulgar
Da minha carne mal passada
Eu não resisto sem lutar
Porque é preciso defender
Nosso reinado soberano
Na cadeia alimentar

Entre presa e predador
O caminho é muito claro
É natural que eu prefeira
Ser o rei dos dinossauros
Não queria ofender
O pessoal na natureza
Então controle essa overdose de delicadeza

Compositor: Letra: Adriano Papa; Música: Angelo Arede, Minoru Murakami

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gangrena Gasosa no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS