Página inicial > Hardcore > G > Gangrena Gasosa > Benzer Até Morrer

Benzer Até Morrer

Gangrena Gasosa


Por que será que o homem tem essa mania macumbeira?
De confiar no santo e na mão da rezadeira?
É vela no terreiro para vovó e pra Oxalá?
Viver incorporado é melhor do que lutar
Benzer até morrer será essa a solução?
O santo lhe domina, a pomba gira e o guanxumão.
Mais outra bênção agora, você só vai receber,
Depois de me pagar, pode crer.
A kurimba terminou e a sua cabeça foi raspada
Seu corpo foi fechado pelo som da batucada.
Moedas para o Buda, beijos na foto do papa.
Acenda uma vela para o seu anjo de guarda.
Benzer até morrer será essa a solução?
O santo lhe domina, a pomba gira e o guanxumão.
Mais outra bênção agora, você só vai receber,
Depois de me pagar, pode crer.
Não vou mais freqüentar
Essa Kurimba ruim.
Esse terreiro de ladrão.
O pai-de-santo me deixou na mão
Ele pediu dinheiro pro despacho
Comprou tudo de carne e fez churrasco
Minha obrigação Virou foi um pagode e eu perdi tudão.
Não vai dar,
Desse jeito o santo vai me cobrar.
Pontos riscados na parede, galinhas pretas pelo chão,
Bodes na sua cama e sapos no porão.
Mais um problema besta e promete a Cosme e Damião.
Que vai dar doce até à morte para agradecer a solução.
Benzer até morrer,
Eu sou ateu, vá se fuder.

Compositor: Ronaldo Chorão

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gangrena Gasosa no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS