Cabaré 1

Galã do Brega


Sempre tive um defeito,
Mas não é preconceito!

Ao passar num cabaré,
conheci uma mulher,
que acabou comigo, me deixou foi liso,
levou tudo que eu tinha só sobrou uma galinha,
Que é a minha mulher!

Sempre fui um carpinceito,
não acho isso um defeito,
era o meu jeito de ser, não me pergunte por quê

Só chego de madrugada, a galinha desconfiada,
Quando eu chego ela está de pé, e eu vindo do cabaré,
Isso é um vicio qualqueeeer!

Não sei se vou conseguir, deixar de ir para ali,
fico ansioso em saber, quando vem o anoitecer,
paraiso é o meu cantinho, é o meu cabarezinho,
minha mulher quer dar no pé, não quer mais ser minha
mulher,
mais prefiro o cabaré!

Do que minha mulher, eu amo o cabaré, do que qualquer
mulheeeer!

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Galã do Brega no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS