Tuareg

Gal Costa

Gal


Na areia branca
Do deserto escaldante
Ele nasceu, cresceu guerreando
Caminhando dia e noite
No deserto sem errar
Pois com muita fé
Ele sĂł pĂĄra rezar
Pois pela direção do sol e das estrelas
No oĂĄsis escondido
Água ele vai achar
Pois o homem de véu azul
É o prometido de Alá

Pois ele Ă© guerreiro
Ele Ă© bandoleiro
Ah! Ele Ă© justiceiro
Ele Ă© mandingueiro
Ele Ă© um tuareg

Galopando seu cavalo preto brilhante
Ele vem todo dia azul
Orgulhoso e confiante
Trazendo seu rifle embalado
Sua adaga tira-colo
Sempre pronto para o que der
E o que vier
Pois ele Ă© sentimental
Humano, Ă© nobre Ă© mouro
È muçulmano

Pois ele Ă© guerreiro
Ele Ă© bandoleiro
Ele Ă© justiceiro
Ele Ă© mandingueiro
Ele Ă© um tuareg.

Compositor: Jorge Ben Jor

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Gal Costa no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS