Página inicial > MPB > G > Gal Costa > Musa de Qualquer Estação

Musa de Qualquer Estação

Gal Costa

Bem Bom


Me visa, me visa
Me planta na imaginação
Me queira, me cheira
Me usa como definição
Me dá minha bola, que eu mato no peito
Entro na área e faço um gol de efeito
Me ama e me chama de forte estandarte
Que eu sou uma obra de arte

Me leia, me creia
Faça fé no meu violão
Me corta, me vota
Me cai no gosto da multidão
Por que me eleger só no verão
Se eu sou musa de qualquer estação?
Sou sol e a chuva, a fruta e a flor
Eu sou um ano inteiro de amor

Sou a beleza da vida, sou o que der e vier
A natureza da nova mulher
Sou o milagre que existe, um coquetel da paixão
Unindo os acordes dessa canção

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gal Costa no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS