PĂĄgina inicial > MPB > G > Gal Costa > Mar E Sol

Mar E Sol

Gal Costa

Hoje


Um Sol
Eu sou
Para o seu mar, Ăł meu amor;
VocĂȘ
O mar Ă©
Para o meu Sol, para eu me pĂŽr;

Me pĂŽr
Em vocĂȘ,
Me espelhar, me espalhar;
Meu Sol
De arrebol
Deitar no leito de seu mar –

E entrar em vocĂȘ,
Em vocĂȘ queimar, arder;
Em vocĂȘ tremer, em vocĂȘ,
Em vocĂȘ morrer, morrer.

Um sĂł,
Um nĂł
De fogo e ågua, terra e céu,
A sĂłs,
Somos nĂłs,
De corpo e alma, vocĂȘ e eu;

E eu
A descer,
A desnascer, desvanecer;
A ser
Em vocĂȘ
Um Sol a se dissolver –

Ao entrar em vocĂȘ,
Em vocĂȘ queimar, arder;
Em vocĂȘ tremer, em vocĂȘ,
Em vocĂȘ morrer, morrer.

Depois,
NĂłs dois,
Olhos nos olhos, vis-Ă -vis,
Nos seus
Olhos meus,
Me vejo no que vejo ali;

Ali,
Eu-vocĂȘ,
Olho no olho a se espelhar,
Amor,
Sem temor,
Olho o que eu olho me olhar –

Ao entrar em vocĂȘ,
Em vocĂȘ queimar, arder;
Em vocĂȘ tremer, em vocĂȘ,
Com vocĂȘ morrer, morrer.

PaixĂŁo de fogo de paixĂŁo
De fogo de paixĂŁo
De fogo de paixĂŁo,

Em que me afogo de paixĂŁo
Me afogo de paixĂŁo
Me afogo de paixĂŁo

Compositor: Lokua Kanza / Carlos RennĂł

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Gal Costa no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS