PĂĄgina inicial > MPB > G > Gal Costa > Flor do Cerrado

Flor do Cerrado

Gal Costa

Cantar


Todo fim de ano Ă© fim de mundo e todo fim de mundo Ă© tudo que jĂĄ estĂĄ no ar
Tudo que jĂĄ estĂĄ
Todo ano Ă© bom todo mundo Ă© fim
VocĂȘ tem amor em mim

Todo mundo sabe e vocĂȘ sabe que a cidade vai sumir por debaixo do mar
É a cidade que vai avançar
E nĂŁo o mar
VocĂȘ nĂŁo vĂȘ
Mas da prĂłxima vez que eu for a BrasĂ­lia eu trago uma flor do cerrado pra vocĂȘ

Tem que ter um jeito e vai dar certo e Zé me disse que ninguém vai precisar morrer
Para ser
Para tudo ser
Eu, vocĂȘ

Todo fim de mundo é fim de nada é madrugada e ninguém tem mesmo nada a perder
Eu quero ver
Olho pra vocĂȘ
Tudo vai nascer
Mas da prĂłxima vez que eu for a BrasĂ­lia eu trago uma flor do cerrado pra vocĂȘ

Compositor: Caetano Veloso

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Gal Costa no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS