Faceira

Gal Costa

Aquarela do Brasil


Foi num samba, de gente bamba
Oi, gente bamba
Que te conheci, faceira
Fazendo visagem, passando rasteira
Que bom, que bom
Que bom
E desceste, lá do morro
Pra viver aqui na cidade
Deixando
Os companheiros, tristes
Loucos de saudade
Mas, linda criança
Tenho fé, tenho esperança
Que um dia, hás de voltar
Direitinho ao seu lugar
Foi num samba, de gente bamba
Oi, gente bamba
Que te conheci, faceira
Fazendo visagem, passando rasteira
Quando rompe a batucada
Fica a turma aborrecida
O pandeiro não dá nada
A barrica recolhida
Tua companhia
Faz falar a bateria
Encantando o tamborim
Vem pro samba, vai por mim

Compositor: Ary Barroso

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gal Costa no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS