PĂĄgina inicial > MPB > G > Gal Costa > Desafinado

Desafinado

Gal Costa

Gal Canta Tom Jobim: ao Vivo


Se vocĂȘ disser que eu desafino amor
Saiba que isso em mim provoca imensa dor
SĂł privilegiados tĂȘm ouvido igual ao seu
Eu possuo apenas o que Deus me deu
Se vocĂȘ insiste em classificar
Meu comportamento de anti-musical
Eu mesmo mentindo devo argumentar
Que isto Ă© bossa-nova, isto Ă© muito natural
O que vocĂȘ nĂŁo sabe nem sequer pressente
É que os desafinados tambĂ©m tĂȘm um coração

Fotografei vocĂȘ na minha Roleiflex
Revelou-se a sua enorme ingratidĂŁo
SĂł nĂŁo poderĂĄ falar assim do meu amor
Ele Ă© o maior que vocĂȘ pode encontrar
VocĂȘ com sua mĂșsica esqueceu o principal
Que no peito dos desafinados
No fundo do peito bate calado
Que no peito dos desafinados
Também bate um coração

Compositor: Tom Jobim E Newton Mendonça

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Gal Costa no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS