Creio

Gal Costa

Lua de Mel como o Diabo Gosta


A verdade, no duro
Quase nunca rola
Mais comum é se encontrar
Qualquer ilusão mais tola
O futuro pertence
A quem menos esperar
Normalmente a sorte está
Com quem não se dá nem conta
Cada pessoa nasceu com seu destino
Inda que por procurar
Tudo é incerto
E por isso mesmo exato
Tudo que for pra ser, será
Os amores que duram
São raros de encontrar
A cada instante que passar
Irão se tornar mais belos
E o que fica na história
Só mesmo o tempo dirá
Inútil então será
Adivinhar agora
Cada pessoa nasceu com seu destino
Inda que por procurar
Tudo é incerto
E por isso mesmo exato
Tudo que for pra ser, será
A verdade, no duro
Quase nunca rola
Mais comum é se encontrar
Qualquer ilusão mais tola

Compositor: Lulu Santos

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gal Costa no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS