Doblô

Gabriel Diniz


Olho, pirou, entrou na minha doblo
É o carro da balada é o carro do amor

Não fique ai pensando que é carro de familia
Na minha doblo eu boto é sete mina
É tão confortável, banco reclinavel
Melhor que a fiorino, maior que o camaro
Coloquei jogo de luz, instalei o frigobar
O som batendo certo, suspensão a ar
Dentro da minha doblo, voce se sente no ceu
Aqui não passa vento é melhor do que motel

Olho, pirou, entrou na minha doblo
É o carro da balada é o carro do amor

Encline o banco para fazer estripitize (estripitize)
Sua fantasia mais secreta realize (realize)

Olho, pirou, entrou na minha doblo
É o carro da balada é o carro do amor

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gabriel Diniz no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS