Disk Entrega

Gabriel Diniz

Gabriel Diniz Na Ilha


Isso já virou covardia
Não tem peito que aguenta
De tanta agonia
Eu não sei se você vem
Eu não sei se você vai
Ou me mata de vez
Ou me deixa viver

Porque assim eu tô morrendo aos poucos
Porque assim eu tô ficando louco
Ah, se você quer saber
Pode fazer do seu jeito
Que eu vou me render

Eu não sou disk entrega
E nem emergência pra suas carências
Mas se acaso precisar, pode me ligar
Pode me ligar ahahah
Que eu vou te encontrar

Eu não sou disk entrega
E nem emergência pras suas carências
Mas se acaso precisar
Pode me chamar, pode me chamar ahah
Eu vou correndo te encontrar

Isso já virou covardia
Não tem peito que aguenta
De tanta agonia
Eu não sei se você vem
Eu não sei se você vai
Ou me mata de vez
Ou me deixa viver

Porque assim eu tô morrendo aos poucos
Porque assim eu tô ficando louco
Ah, se você quer saber
Pode fazer do seu jeito
Que eu vou me render

Eu não sou disk entrega
E nem emergência pra suas carências
Mas se acaso precisar, pode me ligar
Pode me ligar ahahah
Que eu vou te encontrar

Eu não sou disk entrega
E nem emergência pras suas carências
Mas se acaso precisar
Pode me chamar, pode me chamar ahah
Eu vou correndo te encontrar

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gabriel Diniz no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS