Samba-enredo 1984

G.R.E.S. Unidos de Vila Isabel


PRA TUDO SE ACABAR NA QUARTA-FEIRA


A grande paixão, que foi inspiração do poeta é o enredo
Que emociona a velha guarda lá na comissão de frente
Como a diretoria
Glória a quem trabalha o ano inteiro em mutirão
São escultores, são pintores, bordadeiras
São carpinteiros, vidraceiros, costureiras
Figurinistas, desenhista e artesão
Gente empenhada a construir a ilusão

E que tem sonhos
Como a velha baiana

Que foi passista, brincou em ala
Dizem que foi o grande amor de um mestre-sala

O sambista é um artista
E o nosso tom é o diretor de harmonia
Os foliões são embalados
Pelo pessoal da bateria
Sonhos de reis, de pirata e jardineira
Pra tudo se acabar na quarta-feira

Mas a quaresma lá no morro é colorida
Com fantasias já usadas na avenida
Que são cortinas,
Que são bandeiras
Razões pra vida
Tão reais da quarta-feira

(É por isso que eu canto...)

Compositor: Martinho Da Vila

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a G.R.E.S. Unidos de Vila Isabel no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS