Samba-Enredo 1975

G.R.E.S. Unidos da Tijuca


Trazidos da África para o Brasil
Trabalhavam os negros escravos
Na fazenda do branco senhor

Bahia do feitiço e da magia
Da dança e da capoeira
E do famoso candomblé
Culto de origem Africana
Vindo para este país
No tempo colonial
E tornou-se tradicional

Tem mucamas, têm feiticeiros,
Tem pagé, chefes de índios guerreiros (bis)

Exu, espírito criado pela natureza,
Ogum, sincretizado com Santo Antonio na Bahia
Iê iê iê salve oxosse rei da mata,
Oxosse e caçador, salve abaluaê
Xangô, oxum maré, irê e nanã.
Oxum, deusa do ouro e dos rios,
E a guerreira Inhançã: deusa dos raios,
Salve ossanhe, Iemanjá rainha do mar.
Sarava par Oxalá

E ao rufar dos atabaques
Lá vem os negros
Lá vem os negros
Com dança de roda
Cantando em nagô

Iaô iaô iaô como mafero Iaô
Como mafero,

(Os negros trazidos...)

Compositor: Jorge Machado

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a G.R.E.S. Unidos da Tijuca no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS