Samba-Enredo 1976

G.R.E.S. União da Ilha do Governador


Delira a Praça Onze de encanto
Com o mesmo quê de quebranto
Em fascinação, feitiço e magia
Ela que foi berço de bamba
Santuário do samba
Das escolas e folia
A União com seu lirismo
Deleitada em romantismo
Vem acrescentar
Poemas de máscaras e sonhos
Para a velha praça engalanar
Em qualquer terra
O sonho fascina (bis)
Na roda do tempo
O amor de colombina

(Como é lindo...)
Como é lindo e divinal
O colorido de confete e serpentina
E o desejo ardente de arlequim
Por amar a linda colombina
Oh! Mulher fascinação
Dos cabelos cor de Sol
És a luz, minha vida, o arrebol
Pierrot, eu te amo e te quero
Te adoro e venero, coração do meu peito
Pierrot abraçado a guitarra
Sufoca o sonho do amor desfeito

Crava, crava, crava as garras
No meu peito em dor (bis)
Diz o poeta, no seu desamor

(Mas delira...)

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a G.R.E.S. União da Ilha do Governador no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS