Samba-Enredo 2015

G.R.E.S. Estácio de Sá


Eu sei que você me conhece
Meu nome é estácio de sá
Reconquistei com orgulho esse chão
Muito mais que inspiração
Escolhi pra ser meu lugar
O por do sol mais dourado
Deita-se na guanabara
Dorme entre o mar e a montanha
Nos braços do criador
Que abençoa a todos com o nosso jeito
De ser carioca, alegre, festeiro
Levando o rio pra sempre no peito

Quando a pomba anunciou, a festa começou [bis]
Chovem confetes pela cidade
Na fé do negro, ê povo batuqueiro
Ecoa aqui o grito de liberdade

No rio, a poesia e os violões
Passeam nas canções e o samba fez escola
A emoção de um gol se espalha no ar
Aros do esporte se entrelaçam
E o mar de esperança encontra iemanjá
Se você quer matar-me de amor que seja aqui
Olha meu povo chegando, medalha de ouro na sapucaí
Pra cantar e cantar e cantar
Não dá mais pra segurar
A saudade apertou e agora vou voltar

Deixa falar, aqui é estácio [bis]
Bem no compasso, o berço do samba eu sou
Parabéns meu rio, continua lindo
Continua sendo meu amor

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a G.R.E.S. Estácio de Sá no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS