Samba-Enredo 1976

G.R.E.S. Beija-Flor de Nilópolis


Sonhar com anjo é borboleta,
Sem contemplação,
Sonhar com rei dá leão,
Mas nesta festa de real valor,
Não erre, não,
O palpite certo é Beija-Flor (Beija-Flor)

Cantando e lembrando em cores,
Meu Rio querido, dos jogos de flores,
Quando o Barão de Drummond criou,
Um jardim repleto de animais,
Então lançou,
Um sorteio popular,
E para ganhar,
Vinte mil réis com dez tostões,
O povo começou a imaginar...
Buscando,
No belo reino dos sonhos,
Inspiração para um dia acertar

Sonhar com filharada,
É o coelhinho...
Com gente teimosa,
Na cabeça dá burrinho,
E com rapaz (bis)
Todo enfeitado,
O resultado, pessoal,
É pavão ou é veado

E assim
Desta brincadeira
Quem tomou conta em Madureira
Foi Natal, o bom Natal
Transformando sua escola
Em tradição do carnaval
Sua alma hoje é águia branca
Envolta no azul de um véu

Saudado pela majestade o samba
E sua brejeira corte (bis)
Que lhe vê no céu

Compositor: Neguinho Da Beija-flor

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a G.R.E.S. Beija-Flor de Nilópolis no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS