Samba-Enredo 1974

G.R.E.S. Beija-Flor de Nilópolis


É estrada cortando
A mata em pleno sertão
É petróleo jorrando
Com afluência do chão

Sim chegou a hora
Da passarela conhecer
A idéia do artista
Imaginando o que vai acontecer
No Brasil no ano dois mil

Quem viver verá
Nossa terra diferente
A ordem do progresso
Empurra o Brasil pra frente

Com a miscigenação de várias raças
Somos um país promissor
O homem e a máquina alcançarão
Obras de emérito valor

É estrada cortando
A mata em pleno sertão
É petróleo jorrando
Com afluência do chão

Na arte na ciência e cultura
Nossa terra será forte sem igual
Turismo o folclore altaneiro

Na comunicação alcançaremos
O marco da potência mundial

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a G.R.E.S. Beija-Flor de Nilópolis no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS