Samba-Enredo 1996

G.R.E.S. Beija-Flor de Nilópolis


"Aurora Do Povo Brasileiro"



Ô... Ô... Ô... Ô...
"Mãe negra" África
Diga quem eu sou...
De onde vim
Pra onde vou...

A nossa "aurora" é assim
Começo... Desconheço... Que dirá o fim
Meu Beija-flor querido
Encontra o fóssil até então perdido
É carnaval... Que tal...
Falarmos da evolução... Que bom... Que bom
Meu ancestral é um "barato"
Daí surgiu a confusão

Pinta a pedra em "bacanal"
Ai... Que coisa sensual
É o macaco excitando o pessoal

No Piauí nasceu
Mãe de "mim" e de vocês
(Na serra da Capivara)
"Mim" quem fala é índio
A língua que falava os "Jês"

E hoje...
Dos gigantescos animais
Somos vestígios naturais
Da transformação da vida
Que da... Ai que emoção
Eu descobri enfim
O Brasil inteiro é meu irmão

Compositor: Miro Barbosa

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a G.R.E.S. Beija-Flor de Nilópolis no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS