Samba-Enredo 2019

G.r.c.e.s. X-9 Paulistana


Samba de arerê pra você voltar
Zona norte é Madureira
Ando louco de saudade
Olha o povo pedindo bis
Ainda é tempo pra viver feliz

Não subestime um filho de xangô
A recompor a vida
O alujá ecoar forte no rum
E o ylê de ogum, convida
O ídolo parceiro companheiro, irmão
Símbolo maior do samba em minha geração
Gênio pai herói o clarão da lua cheia, candeia
Nos versos que ele semeou
Gira bailarina seu eterno amor
A porta bandeira frutos na tamarineira

Lalaia laia laia
Com o banjo no peito
Sambista perfeito o mestre imortal
Lalaia laia laia
O samba agradece
Floresce no fundo nosso quintal

Aos olhos graciosos de oxalá
Serrinha marejou o seu olhar
Que brilha na coroa imperial
Um lume imponente e divinal
Da lança de são Jorge protetor
À esperança de um quixote sonhador
É voz dos humildes por um pedaço de chão
Voz dos humildes por um pedaço de pão
Favela de gente sofrida
Mas que valoriza a própria raiz
Aquela, que sente na pele, as chagas da vida, a dor do país
X-9 a cantar, conduz até seu lugar a luz
Pra continuar, o show de Arlindo Cruz

Letra enviada por Leandro Lima

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a G.r.c.e.s. X-9 Paulistana no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS