Samba-Enredo 2010

G.r.c.e.s. Mocidade Alegre


(Refrão)
Sou a luz do criador... Espelho!
Aos olhos de quem me criou
Sou mocidade amor... Bato no peito
O sonho se eternizou

Vai Morada
Chegou a hora de ser feliz
Refletindo na avenida
A minha alma, minha raiz
Da luz, a obra do Criador
O pai do universo e da criação
Fazendo o homem à sua imagem
A plenitude da perfeição
Inspiração tão cristalina
Buscando evoluções
E lá no céu, astrologia
O futuro das gerações

(Refrão)
Num ritual de fé
Na força do orixá... Yabá
Oraye Yê-o Mamãe Oxum
Reluzindo no meu caminhar

Abrem-se os portais
Num mundo de imaginação, viver e brincar
Nessa magia, fantasia é ser criança
Ter contos e fábulas pra contar
Na vaidade um ego a cultuar
Beleza.... imortalizar
Oh! Meu pavilhão, quanta emoção
Um ser divino que guia
Nossa família em primeiro lugar
Eternamente vai nos abençoar

Compositor: Andreson, Ferreira, Luiz Roberto, Murilo Tk E Pinheiro

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a G.r.c.e.s. Mocidade Alegre no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS