Samba-Enredo 2005

G.r.c.e.s. Mocidade Alegre


Samba Enredo 2005
"Clara, Claridade... Um Canto de Luz no Ylê da Mocidade"


Intérprete Oficial: Daniel Collête


Vestida de luz
Lá vem a minha Mocidade
Clareia... Abrem-se as portas do Òrun
E no Ayê, surgia então uma estrela
Que ao entoar dos pássaros raiou
Salve os Orixás... Salve Iansã, Ogum
Ecoa a força de uma voz
Trazendo vida e paz pra essa raça
De encantos mil
Um santuário em forma de Brasil
Brilhou no céu a esperança
A profissão dos brasileiros
Um povo unido e leal
Que faz da dor seu carnaval
Samba... Raiz do negro, pura emoção
Encanta, sua divina procissão
No morro, numa linda alvorada
Em Madureira a poesia fez morada
É sedução, é triunfal
Uma reza, um ritual
Meu samba, leva essa homenagem
A esse ser de luz que se "encantou"
E foi morar com Deus
Hoje tenho certeza que aqui está
Com seu axé vai nos iluminar
Deusa dos Orixás !!!
Ôô Mineira
Clara Guerreira, meu Sabiá
Minha Morada faz a festa
No balanço desse teu cantar


Compositor: Biro-Biro, Chiquinho LS, Ratinho e Zé do Gás

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a G.r.c.e.s. Mocidade Alegre no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS