Ser Poeta

Fundo de Quintal

Coleção Bambas Do Samba


LÁ LÁ LAIA LÁ LÁ IA
LÁ IA LÁ LA LÁ LA IA
LÁ LÁ LÁ LÁ IA LÁ IA

SER POETA É PEGAR NA CANETA
E COM MUITA CALMA
COLHER A SEMENTE DO PEITO E DA ALMA
DEPOIS SEMEAR EM FOLHAS DE PAPEL

SER POETA É FAZER A TRISTEZA ALEGRE DE NOVO
É SEMPRE ESTAR EM CONTATO COM O POVO
É SENTAR A UMA MESA SEM SER BACHAREL

SER POETA É CORTAR CARAMBOLA EM FORMA DE ESTRÊLAS QUEM DIFICILMENTE CONSEGUE OBTÊ-LAS
FAZ O CORAÇÃO EM FORMA DE MAÇA

SER POETA É PEGAR NA BROCHA DE UM SÓ SOLAVANCO PINTAR ESSA VIDA QUE É NEGRA DE BRANCO
E USAR UM SORRISO COMO UM TALISMÃ.

SER POETA É ACEITAR AS CRÍTICAS SEM RECLAMAR
É TER ALEGRIA
E PODER CRIAR POESIAS FEITAS PELAS NOSSAS MÃOS

SER POETA É ABRIGAR ALGUÉM QUANDO NO DESABRIGO FAZER DE UM AMIGO MUITO MAIS AMIGOS TRATAR
O INIMIGO COMO O NOSSO IRMÃO

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Fundo de Quintal no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS