Página inicial > Pop/Rock > F > Fresno > O Que Sobrou

O Que Sobrou

Fresno

O Rio a Cidade a Árvore


Quem dera eu pudesse navegar
No mar, ao vento
Quem dera eu pudesse congelar
E parar no tempo

Quando seu coração tinha lugar para nós dois
Não quero nem lembrar do que aconteceu depois
Depois que eu deixei de ser o que você queria
Não pude imaginar que isso aconteceria

Não vou nunca mais poder ser teu
Eu não sou ninguém sem ter você ao lado meu
Se me perguntam quem eu sou
Sou o que sobrou de quem um dia te amou

Quem dera eu pudesse rebobinar
O filme da vida
Quem dera eu pudesse encontrar
Em teus olhos, saída

Lembro que teu corpo era uma extensão do meu
Lembro que havia amor atrás dos olhos teus
Quando eu cantava serenatas com rosas na mão
Quando eu não sabia o que era solidão

Não vou nunca mais poder ser teu
Eu não sou ninguém sem ter você ao lado meu
Se me perguntam quem eu sou
Sou o que sobrou de quem um dia te amou

Não vou nunca mais poder ser teu
Eu não sou ninguém sem ter você ao lado meu
Se me perguntam quem eu sou
Sou o que sobrou de quem um dia te amou


(fonte: site oficial)

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Fresno no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS