• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    Encontrou algum erro na letra ou tradução? Colabore com a gente clicando nas frases abaixo ou enviando uma correção completa »
    Your Diary
    Your Diary

    Suddenly, you move away from me
    What more is there that I can be
    If you move away from me?
    You and I drawing
    I was alone in your room
    When there on the floor
    I saw a little black book
    You left it there on the floor, open
    And I opened and it is

    Your diary
    It's open and inviting me back

    You couldn't say why you loved him
    He's asking you why you loved him
    You couldn't say why you loved him
    But he gave you a list
    Of all the reasons why he did
    And you couldn't reply
    But you could say that you did

    Your diary
    It's open and inviting me back

    You said he had lips like petals
    Unfurling from a bud
    I could've ripped page and petals
    Ripped to the blood
    Ripped and torn, ripping
    Was all of that good?
    But I didn't and don't
    Want you ever to read
    Any diary of mine
    Any word I may leave, now

    Your diary
    It's open and inviting me back

    by Heloisa Zilio
    De repente, você se distancia de mim
    O que mais eu posso ser
    Se você se distancia de mim?
    Você e eu desenhando
    Eu estava sozinho no seu quarto
    Quando lá no chão
    Eu vi um caderninho preto
    Você o deixou lá no chão, abri
    E eu o abri e ele é

    Seu diário
    Está aberto e me convidando de volta

    Você não poderia dizer porque o amou
    Ele está te perguntando porque você o amou
    Você não podia dizer o porque amou ele
    Mas ele te deu uma lista
    De todas os motivos do porque ele te amou
    E você não podia responder
    Mas podia dizer que você o amou

    Seu diário
    Está aberto e me convidando de volta

    Você disse que ele tinha lábios de pétalas
    Desabrochando de um broto
    Eu poderia ter rasgado as páginas em pedacinhos e pétalas
    Rasgado até o sangue
    Rasgado em pedacinhos e rasgado em grandes pedaços, rasgando
    Foi assim tão bom?
    Mas eu nunca quis e não quero
    Que você jamais leia
    Algum diário meu
    Qualquer palavra que eu possa escrever, agora

    Seu diário
    Está aberto e me convidando de volta

    by Heloisa Zilio




    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Franz Ferdinand

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.