Página inicial > Forró > F > Forró Brucelose > Pinote de Garrote

Pinote de Garrote

Forró Brucelose


Pinote do Garrote

Meu cantar trás muito do meu jeito
Nordestino que é tão simples
Tal igual é uma canção de lá

Trás o som da fala do norte
Minha mãe, aminha terra
O nordeste é meu lugar

Olha o pinote do garrote
Tem cuidado mão do vaqueiro
Olha o gemido da viola
No dedo do violeiro

Tem uma luz no candeeiro
No pavil de lamparina
É lampejo derradeiro
Dos olhos dessa menina

A forma do olho d’água
Eu acho que é cobra dele
Do lado de santo Antônio
Só se vê o desespero

Cuidado vaqueiro!
Pegando boi pelo rabo
Na derrubada do gado
Tem que saber vaquejar

Cuidado vaqueiro!
Não consegue nem garrote
Pulo de boi
É pinote danado “pa” derrubar
(x2)

Nem toda palavra é certa
Nem toda certeza é conta
Nem toda faca é de ponta
Nem todo sol ta no mar

Nem toda lua é de prata
Nem todo chão é deserto
Nem todo momento é certo
Pra você me provocar

Venha cá você e diga
Quatro vezes sem errar

Couro de vaca é vaqueiro
Boi manso é que nem garrote
Pulo de boi é pinote
Danado pra derrubar
(x2)

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Forró Brucelose no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS