Agora

Folk na Kombi


Agora não posso mais parar
já comecei, acelerei no ar
eu tropecei em nuvens de algodão
sem paraquedas me faltou o chão

Eu mergulhei no seu corpo nu
olhei pro céu ainda estava azul
depois da tarde que a gente viveu
caiu a noite, tudo enlouqueceu

Foi sem querer, que eu fiz
tudo o que a gente fez, feliz

Olha logo da janela
vem ver nascer a flor
que amanhã eu vou te dar
solta a voz pelas estradas
esquece toda dor
vem viver o nosso amor

Agora não posso mais parar
já comecei, acelerei no ar
eu tropecei em nuvens de algodão
sem paraquedas me faltou o chão

Eu mergulhei no seu corpo nu
olhei pro céu ainda estava azul
depois da tarde que a gente viveu
caiu a noite, tudo enlouqueceu

Foi sem querer, que eu fiz
tudo o que a gente fez, feliz

Olha logo da janela
vem ver nascer a flor
que amanhã eu vou te dar
solta a voz pelas estradas
esquece toda dor
vem viver o nosso amor

Letra enviada por Marina Palma

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Folk na Kombi no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS