Flávio Venturini

Um Violeiro

Flávio Venturini

Cidade Veloz


Garra de onça
Mão de ninar
Um violeiro quer tocar
Alguma pele, todo poder
E jardinar a fina flor de ser leve
Alma de anjo ou sabiá
Sua vontade quer voar
Buscar um ninho de um grande amor
Que bate asas some lá longe
Sua presença fica no ar
Feito perfume na manhã
Feito criança que aprende andar
Um violeiro tem de ser livre
Voa viola canta a voz
Chora por mim por todos nós
Voa viola canta a voz
Chora por mim por todos
Nós nem depressa, nem devagar
Ele aprende a ser assim
Só o desejo que não tem fim
Sua verdade é o rio mais fundo
Beira de mato,
Chão de pisar
Um violeiro quer saber
Qual o valor de sua solidão
Quanto não valerá calar tudo
Puro cansaço, pura canção
Uma saudade vem lembrar tanta riqueza que a vida tem
Um violeiro quer rodar mundo
Voa viola canta a voz
Chora por mim por todos nós
Voa viola canta a voz
Chora por mim por todos nós
Voa viola canta a voz
Chora por mim por todos nós
Voa viola canta a voz
Chora por mim por todos nós

Composição: F.Venturini - M.Borges

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Flávio Venturini no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS