• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    A cidade acalmou logo depois das dez
    Nas janelas a fria luz da televisão divertindo as famílias
    Saio pela noite andando nas ruas
    Lá vou eu pelo ar asas de avião
    Me esquecendo da solidão da cidade grande
    Do mundo dos homens num vôo maluco
    Que eu vou inventando e vôo até ver nascer
    O mato, o sol da manhã, as folhas, os rios, o azul
    Beleza bonita de ver nada existe como o azul
    Sem manchas do céu do Planalto Central
    E o horizonte imenso aberto sugerindo mil direções
    E eu nem quero saber se foi bebedeira louca ou lucidez.

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Flávio Venturini

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.