Página inicial > Forró > F > Flávio José > Filho do Dono

Filho do Dono

Flávio José


NÃO SOU PROFETA
NEM TÃO POUCO VISIONÁRIO
MAS O DIÁRIO
DESSE MUNDO TÁ NA CARA
UM VIAJANTE
NA BOLÉIA DO DESTINO
SOU MAIS UM FIO
DA TESOURA E DA NAVALHA
LEVANDO A VIDA
TIRO VERSO DA CARTOLA
CHORA VIOLA
NESSE MUNDO SEM AMOR
DESIGUALDADE
RIMA COM HIPOCRISIA
NÃO TEM VERSO NEM POESIA
QUE CONSOLE UM CANTADOR
A NATUREZA NA FUMAÇA SE MISTURA
MORRE A CRIATURA
E O PLANETA SENTE A DOR

O DESESPERO
NO OLHAR DE UMA CRIANÇA
A HUMANIDADE
FECHA OS OLHOS PRA NÃO VER
TELEVISÃO DE FANTASIA
E VIOLÊNCIA, AUMENTA O CRIME
CRESCE A FOME DO PODER

BOI COM SEDE BEBE LAMA
BARRIGA SECA NÃO DÁ SONO
EU NÃO SOU DONO DO MUNDO
MAS TENHO CULPA, PORQUE SOU
FILHO DO DONO. (BIS)

Compositor: Petrúcio Amorim

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Flávio José no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS