Página inicial > Rock > F > Filipe Santos > Olhos Nos Olhos, Lábios Nos Lábios

Olhos Nos Olhos, Lábios Nos Lábios

Filipe Santos

ÍRIS


Sozinho aqui estou a pensar nesta vida,
Perdido eu não estou, não quero outra saída.
Só no sufoco que a solidão me traz,
Preciso de um motivo, diz-me: onde estás?

Chegas do escuro onde não te procurei,
Nem penso no futuro, só em ti me inspirei.
Passo pelo mar e não vejo ninguém,
Perdi-me num olhar, não sei bem de quem.

Liberto esta amargura que me entristeceu,
Percorro a nossa loucura e assim sou eu!

Olhos nos olhos,
Lábios nos lábios
Que fazem ferver o sangue
Dos loucos corpos unidos num só

Esse fogo que é só nosso,
Esse fogo que nos consome,
Essa chama que queima, queima… sem se ver.

Esta loucura em segredo,
Um segredo que é só nosso,
Onde nada de nada… se pede em troca.

Olhos nos olhos,
Lábios nos lábios
Que fazem ferver o sangue
Dos loucos corpos unidos num só

Olhos nos olhos, lábios nos lábios

Compositor: Letra e Música: Filipe Santos

Letra enviada por Filipe Santos

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Filipe Santos no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS