Adorador

Filipe Catto

Tomada


Feito uma droga lenta, uma ressaca imensa
Tua boca me arrebenta, amor
Me leva por um fio, me despe no vazio
Depois me deixa e deixa a dor

Por hora ou por um dia, tua ausência fria
Me deixa assim sem cobertor
Eu sigo ao léu a esmo, nem me reconheço
De nós restou só um topor

A dor adorador
Pareces que és adorador de ver-me assim amor
Sumiste de repente eu me quedei dormente
Entre a sala e o corredor

A dor adorador
Pareces que és adorador de ver-me assim amor
Tomado de egoísmo todo o meu abismo será
Teu amor

A dor adorador
Pareces que és adorador de ver-me assim amor
Sumiste de repente eu me quedei dormente
Entre a sala e o corredor

A dor adorador
Pareces que és adorador de ver-me assim amor
Tomado de egoísmo todo o meu abismo será
Teu amor

Tomado de egoísmo todo o meu abismo será
Teu amor
Tomado de egoísmo todo o meu abismo será
Teu amor

Compositor: Filipe Catto e Pedro Luís

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Filipe Catto no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS