Um Sentinela

Filhos do Homem


Os guardas nas muralhas
Não param de clamar
Por amor a jerusalém
Eu não descansarei

Até que a tua justiça seja o sol pela manhã
E brilhe salvação, como o fogo da escuridão

Não descansarei até a glória abrir os céus
Até o rei se alegrar
Até a noiva te encontrar
O filho surgirá, como o sol pela manhã
Dia e noite clamarei, dia e noite adorarei
Dia e noite clamarei
Até te encontrar

As nações verão a cristo
Em suas mãos os que são teus
Tua coroa é sião
Declarando que és Deus

Eu, um sentinela, que não para de clamar
Encontrarei um descanso
Ao nas nuvens te adorar

Não descansarei até a glória abrir os céus
Até o rei se alegrar
Até a noiva te encontrar
O filho surgirá, como o sol pela manhã
Dia e noite clamarei, dia e noite adorarei
Dia e noite clamarei, dia e noite adorarei

Não descansarei até a glória abrir os céus
Até o rei se alegrar
Até a noiva te encontrar

Não descansarei até a glória abrir os céus
Até o rei se alegrar, até a noiva te encontrar
O teu filho surgirá, como o sol pela manhã
Dia e noite clamarei, dia e noite adorarei
Dia e noite clamarei, dia e noite adorarei
Dia e noite clamarei

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Filhos do Homem no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS