• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Havia uma terra chamada Lee
    Lugar onde o povo cultivava um campo de lentilha
    E toda a cidade trabalhava muito ali
    Sonhando em ver o campo sustentar suas famílias

    E sempre que o campo estava pronto pra colheita
    Os inimigos vinham e atacavam de repene
    Pois eram os gigantes e temidos filisteus
    Assolavam o povo de Deus
    ]
    Matavam e roubavam sem temor
    Até que um dia um valente ali apareceu
    Cheio do espírito de Deus
    Em meio aquele campo assim bradou:

    Eu sou Samá
    Meu campo de lentilhas eu vou defender
    Os filisteus aqui agora vão morrer
    Já chega de vergonha e de sofrimento
    Eu sou Samá
    Valente de Davi o rei de Israel

    A força do meu braço vem do Deus dos céus
    É hoje que o Senhor nos dá o livramento.
    Vão cair por terra todos os inimigos
    Porque nessa guerra Deus está comigo

    Vai pra o fió da espada quem ousar tocar na minha família,
    É nossa colheita e ninguém vai roubar
    É nosso sustento e ninguém vai tomar
    A partir de hoje
    Ninguém mais destrói meu campo de lentilha.

    E hoje essa história se repete em sua vida
    As placas da vergonha estão sempre em sua estrada
    O mal aos poucos tem entrado em sua família
    Do campo de lentilha não lhe resta quase nada,

    E quando os seus sonhos estão quase acontecendo
    Os inimigos entram pra roubar a esperança
    E antes que você comece a sua colheita
    Chegam e destroem toda a ceifa
    Te obrigando a se conformar,
    Eu creio que essa história não vai mais se repetir
    Pois hoje o Senhor te trouxe aqui
    Chegou a hora de você bradar.

    Eu sou Samá
    Meu campo de lentilhas eu vou defender
    Os filisteus aqui agora vão morrer
    Já chega de vergonha e de sofrimento
    Eu sou Samá
    Valente de Davi o rei de Israel

    A força do meu braço vem do Deus dos céus
    É hoje que o Senhor nos dá o livramento.
    Vão cair por terra todos os inimigos
    Porque nessa guerra Deus está comigo
    Vai pra o fió da espada quem ousar tocar na minha família,

    É nossa colheita e ninguém vai roubar
    É nosso sustento e ninguém vai tomar
    A partir de hoje ninguém mais destrói meu campo de lentilha.

    Eu sou Samá {3x}
    Foi Deus quem me ungiu para ser valente
    Eu sou Samá {3x}
    O Deus de Israel vai na minha frente. (bis)
    O Deus de Israel vai na minha frente.
    Eu sou Samá...

    Letra enviada por Rafael Marques
    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Fernando Foster

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.