Homens e Anjos

Fernando e Sorocaba

Homens e Anjos


Eu vivo no chão, ela tem asas
Sou a escuridão, ela é iluminada
Ela é tudo, eu sou quase nada
Homens e anjos

Sou tão comum, ela é diferente
Sou tão ciumento, mas anjos não mentem
Morro por ela, ela vive pra gente
Homens e anjos

Um raio e um arcos iris, dividindo o mesmo céu
Belezas tão diferentes, pintadas num só papel
Vencemos o impossível com a força do coração

Parece estranho mas nós nos amamos
Homens e anjos

Os nossos caminhos se encontraram
Talvez foi destino, talvez o acaso
O doce e o amargo, a pureza e o pecado
Homens e anjos

Um raio e um arcos iris, dividindo o mesmo céu
Belezas tão diferentes, pintadas num só papel
Vencemos o impossível com a força do coração

Parece estranho mas nós nos amamos
Homens e anjos

Homens e anjos
Homens e anjos

Um raio e um arcos iris, dividindo o mesmo céu
Belezas tão diferentes, pintadas num só papel
Vencemos o impossível com a força do coração

Parece estranho mas nós nos amamos
Homens e anjos

Eu vivo no chão, ela tem asas
Sou a escuridão, ela é iluminada
Ela é tudo, eu sou quase nada
Homens e anjos

Letra enviada por Cristiane Moreira

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Fernando e Sorocaba no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS