Fernandinho

Adestra

Fernandinho

Galileu


Adestra minhas mãos para a batalha
Eu creio num Deus que nunca falha
Eu já fui moço, hoje sou velho
Mas nunca vi o justo mendigar o pão
Ô ô ô ô ô ô
Mil ao meu lado cairão
Dez mil à direita fugirão
Eu não tenho medo do cão
Meu pai é o leão
Ele é o leão

Persegui os inimigos e os alcancei
Os destruí, os atravessei
Mas o senhor é minha força, o meu escudo
E nele confiarei

Mil ao meu lado cairão
Dez mil à direita sumirão
Eu não tenho medo do cão
Meu pai é o leão
Cristo é o leão

Persegui os inimigos e os alcancei
Os destruí, os atravessei
Mas o senhor é minha força, o meu escudo
E nele confiarei

Persegui meus inimigos e os alcancei
Os destruí, os atravessei
Mas o senhor é minha força, o meu escudo
E nele confiarei

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Fernandinho no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS