Tesouro

Felipe Ferrero


Nem tudo que é calmo a tristeza invade
Talvez a porta aberta nem tivesse chave
E a chave do tesouro fosse perceber

Feche os olhos e agradeça à sua alegria
Tantos viveram tristes e ninguém sabia
Tudo acontece como deveria acontecer

Hoje já não há mais nada pra poder falar
São coisas que o tempo veio e colocou fim
A vida prega peças, peças que o vento leva

E levou!

Feche os olhos e agradeça à sua alegria
Tantos que viveram triste e nem mesmo sabia
Tudo acontece como deveria acontecer

Hoje já não há mais nada pra poder falar
São coisas que o tempo veio e tirou de mim
A vida prega peças, peças que o vento leva

Da falta que eu fiz na sua Santa Ceia
Se fosse sempre assim, pra eu me esquecer de mim

Nem tudo que é calmo a tristeza invade
Talvez a porta aberta nunca teve chave
E a chave do tesouro seja perceber

Letra enviada por Felipe Ferrero

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Felipe Ferrero no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS