Ser Menino e Ser Amado

Padre Fábio de Melo


Olha moço! Viva muito
E ainda sonhe porque não?
De menino trago intuito
E o mesmo coração

Com certeza sempre trouxe
A mesma voz e o mesmo olhar
Desde cedo feito homen
Desde nunca resmungar

Olha moço! Meu sorriso
Nasceu forte não mudou
Feito a mais séria das painas
E as vezes Deus não foi quem deu

Olha a vida é o que sinto
Não o que me foi negado
Bem mais vale ter em mente
Ser menino, ser amado

Bem mais vale ter em mente
Ser menino, ser amado

E as imagens na memória
Vão passando diz perdoe
Esse caco velho simples
Ser um pouco o que já foi

Sem mudanças repentinas
Sem andanças por trabalho
Mãos calosas, alimentos
Teto, carinho, agasalho

Olha moço! Meu sorriso
Nasceu forte não mudou
Feito a mais séria das painas
E as vezes Deus não foi quem deu

Olha a vida é o que sinto
Não o que me foi negado
Bem mais vale ter em mente
Ser menino, ser amado

Bem mais vale ter em mente
Ser menino, ser amado
Bem mais vale ter em mente
Ser menino, ser amado

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Padre Fábio de Melo no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS