1964

Exterminio


A vida se finda antes do amanhecer
Iniciam-se as trevas e a escravidão
A morte se aproxima, apaga-se a luz
Ausência de idéias onde sobra poder

Ódio e revolta destroem você
Sepultam-se a paz e a compreensão
O homem é calado, controlam o coletivo
Na honra e na glória de uma nação

Ao som do hino torturam e matam
Choques e gritos no quartel general
O povo calado, alienado
Aceitam a morte e a humilhação

São dias negros de inquisição
Mudam de golpe par revolução
Entram nas casa, arrombam as portas
Quebram seus ossos, violam seus corpos
Mentes insanas que querem o poder
Não importa que muitos tenham de morrer

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Exterminio no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS