Como Pagaremos

Evangelho da Graça


Bendize, ó minha alma,
Ao Senhor,
E não te esqueças
De nenhum dos seus benefícios.
Sl 103.2

Não há como pagar
Tão grandes benefícios,
Mas se impõe a nós
O dever da gratidão
Permanente
Bendizendo ao Senhor.

Por Sua exclusiva bondade
O Senhor nos conduz
Ao verdadeiro arrependimento,
Pelo qual podemos
Nos converter
Das trevas para a luz,
E andarmos
Nos Seus caminhos,
Que são caminhos
De alegria e de paz.

Ele nos impõe
O dever do arrependimento
Mas não está em nós
O poder para nos arrependermos.

É Jesus que produz em nós
O santo desejo
De buscar a Deus
Com um coração contrito.

E não há como pagar
Tão grande benefício
De um Deus perfeitamente amoroso,
Bom, gracioso, justo,
Misericordioso e poderoso.

Podemos somente
Tributar-lhe a honra
Que lhe é devida
Lhe servindo fielmente
Buscando a retidão divina
Tendo fome e sede da justiça.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Evangelho da Graça no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS