Arrependimento

Evangelho da Graça


Tanto João Batista,
quanto nosso Senhor,
Jesus Cristo,
quando proclamaram
a salvação pela fé,
ordenando aos homens
que cressem no evangelho,
ordenaram também,
que tal fé fosse precedida
pelo arrependimento.

Porque sem arrependimento
Não pode haver eficácia da fé
para a salvação.

Arrependimento
vem de metanóia
No original grego.
E significa mudança de mente,
Transformação da vida.

Vê-se portanto
que é muito mais profundo,
do que meramente lamentar,
ou mesmo deixar de praticar
alguns atos maus,
e trocá-los por atos
considerados bons.

O que está em foco
é uma mudança radical de vida.
Uma transformação operada
na nossa natureza,
pelo poder do Espírito Santo.

O convite do evangelho
ao arrependimento
é portanto uma chamada
à conversão,
ao novo nascimento.

Ao recebimento
da natureza divina,
pela qual é subjugada
a nossa natureza terrena
pecaminosa e perdida.

E toda vez que
a natureza terrena
estiver prevalecendo,
será também
por renovados arrependimentos
que se dará a sua derrota
pela nova natureza divina,
recebida no novo nascimento.

O arrependimento verdadeiro
nos conduz não somente
à purificação do nosso coração
como também à contemplação
da glória de Deus em Cristo Jesus.

É um meio que nos conduz
à dependência do Espírito Santo,
e à produção
da vida espiritual
do céu em nós,
e não é portanto,
como se costuma pensar
um aperfeiçoamento
do velho homem
por meios carnais.

Faça-se boa a árvore
e o fruto também será bom.
Mas de uma má árvore
não se colhem bons frutos.
Pois se trata
de uma questão de natureza.

Compositor: Silvio Dutra

Letra enviada por Silvio Dutra

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Evangelho da Graça no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS