Página inicial > E > Eva Dlong > Vim do Norte

Vim do Norte

Eva Dlong


Hey, hey
Young, Young

O mundo tá na mão, jovem o mundo tá na mão
Se liga no conceito, sente a sensação
O rap é respeito, liberdade de expressão
Boom vão infinito, Jovem o mundo tá na mão

Escrevi no escuro, eu fui minha própria luz
Tudo que me induz, parece que reluz
Procure o natural, seja natural
Procure a natureza, floresça e cresça
Floresça e cresça

Estude poesia, estude sobre o rap
E o seu conceito, já dizia Sabotage
Mantenha o respeito, mantenha o respeito

Fale sobre o que sabe, sobre sua cidade
E o que está ao seu redor
Tua capacidade, o que você tem de melhor

Sem pisar no meu irmão, procuro evoluir
Cuidando do meu agir, cuidando do meu agir
Young, Young

Armas climáticas, alinhe seus chakras
Yôgas, ayurvédicas
Cambô, paricá
Sananga, ayahuasca
Hey ayahuasca, ho ayahuasca

A natureza oferece a medicina, viver a ciência
Não estar na d pendência, contando a demência
Vivência!

Vivenciar, parar, pensar, examinar
De onde eu vim? Onde vou parar?
Onde vou para?
Onde, onde vou parar?
Armas climáticas, alinhe seus chakras
Yôgas, ayurvédicas
Cambô, paricá
Sananga, ayahuasca
Hey ayahuasca, ho ayahuasca
Armas climáticas

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Eva Dlong no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS