O Lutador

Eutanásia Nuclear


Suas mãos calejadas sangravam suor
Enxugavam as lágrimas de uma vida marcada
Por muita miséria
Seu rosto cansado expressava o amargo
Seu corpo já fraco mas era forte por dentro
Sua fé em silêncio o fazia aguentar

Rotina dificil de acabar
Miséria sem dono e sem lugar
Rotina dificil de acabar
Miséria sem dono e sem lugar

Caminhando descalço pelo solo rachado
Sem água comida e onde morar
Olhando profundo o horizonte em luto
O consciente e o abismo
É O MUNDO

Rotina dificil de acabar
Miséria sem dono e sem lugar
Rotina dificil de acabar
Miséria sem dono e sem lugar
Rotina dificil de acabar
Miséria sem dono e sem lugar
Fechando o seu corpo ele segue a lutar

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Eutanásia Nuclear no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS