Página inicial > Infantil > E > Estilo da Crítica > O Difícil Foi Chegar

O Difícil Foi Chegar

Estilo da Crítica


Música: O difícil foi chegar
Álbum: Além da linha reta

Dg

Se a trilha sonora é rap
Não se esquece
Todos atentos ao som
Dg agradece
Aquece os ouvidos
E volta um pouco ao passado
Subúrbio é o cenário
Hip Hop aclamado

Se o difícil foi entrar
Pra sair vai ser foda
Se eu chego de manhã,
Meu som alto te acorda

Prospero
E sigo rimando como quero
Não preciso agradar
O que reina no império

Vou seguindo em frente
Cuidado devagar
Minha idéia está fluente
Cheguei não vou parar

O maloqueiro prepotente
Agora está no ar
Continuo, invado a mente
É preciso inovar


São Paulo capital
Onde tudo se dá um jeito
Pra quem constrói a vida
Ou pra quem faz mal feito

Caminhando consciente
Em primeiro o respeito
Fique sabendo que aqui
O caminho é muito estreito

Em qual estado se define
Moleque ou sujeito
Você já entregou
O que antes era suspeito

Cada som gravado
Com certeza uma conquista
Se não entende a minha letra
Me pede uma pista

O raciocínio aqui é rápido
Difícil captar
Só tendo e menta aberta
Pra poder desvendar

Agora estou aqui
Vou conquistar os sete mares
Lembra ? ESTILO DA CRÍTICA
Em todos os lugares


(Refrão)
De degrau em degrau
O nível é elevado
Chegar e acontecer
O estágio avançado
Pouco a pouco
Sem ter hora pra parar
Estilo da Crítica
O difícil foi chegar

Boca

Quando algo te incomoda
Pode crê que eu to por perto
Se o BOCA tá presente
Só vem o verso certo

De estilo está repleto
O doido ta ligado
Cada frase apresenta
Um linguajar bem afiado

O trajeto é complicado
Muitos perdem na estrada
Enquanto ce ta sem rumo
Eu sigo na levada

Pra cabeça atrasada
Só com a verdade
O rap é muito forte
Tem sua própria identidade

Você se confunde
Acha o som sem nexo
Eu chego e pioro
Com um verso mais complexo

Tirando seu reflexo
Sem ação você fica
Olha pros lados
Sem saber no que acredita

Então calma! Siga a idéia
Pois ela te desperta
Além da linha reta
O tema que conserta

O som invade a casa
Sem pedir licença
Entra na cabeça
E mostra que compensa

A corrida te assusta
Tirando a coragem
Uma vez na balada
Se envolve na viagem

Alterando a pessoa
De modo inigualável
De degrau em degrau
A rima mais estável

Eu não rimo pra viver
Eu vivo pra rimar
Sempre na contramão
No podium há um lugar

Na longa jornada
O meu é outro nível
Se o difícil foi chegar
Para sair é impossível



(Refrão)
De degrau em degrau
O nível é elevado
Chegar e acontecer
O estágio avançado
Pouco a pouco
Sem ter hora pra parar
Estilo da Crítica
O difícil foi chegar

Dg

Um passo após o outro
Inicia a jornada
Sempre algo te espera
Em algum ponto da estrada

Se vem ninguém sabe
Como pode acontecer
A sorte está lançada
É esperar para ver

O que é nosso ta guardado
Ninguém tira ninguém toca
Aguarde e descubra
Onde a vida te coloca

E nada nos sufoca
O processo é natural
Conquisto meu espaço
Sem ser fora do normal

De igual pra igual
No jogo eu to dentro
Sendo sempre real
Com um bom discernimento

Driblando o contratempo
Objetivo bem visível
Sem temer qualquer barreira
No amanhã imprevisível


Boca

Difícil por difícil
Tudo tem o seu inicio
O pensamento bem além
Acompanhando o sacrifício

O esforço recompensa
Quem primeiro acredita
Nada te explica
A história já escrita

A vida te leva
Ao lugar nunca esperado
Sem noção da dimensão
Do estágio avançado

Se é pra ser será
Tudo aponta um caminho
Acontece tudo muda
Da água para o vinho

Ninguém está sozinho
Nessa dura empreitada
Estou sempre correndo
Com destino a chegada

As peças se encaixam
No fim do episódio
E em primeiro vai estar
O seu lugar no podium


(Refrão)
De degrau em degrau
O nível é elevado
Chegar e acontecer
O estágio avançado
Pouco a pouco
Sem ter hora pra parar
Estilo da Crítica
O difícil foi chegar

Compositor: Dg, Boca E Cabeça

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Estilo da Crítica no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS