Danço Por Dançar

Estado Das Coisas


Ninguém me quer de certo por ser assim
Meio fora do ar
Inteiro como tal que não sabe o que quer
Prefiro ser do que estar

Arrisco por arriscar
Fico fora do mundo, da moda, da bola
Fora do lugar

Sou um curdo em Varsóvia
Fico mudo para as coisas sem a menor
Importância

Me cago de medo de altura
E do chão
De ter meu destino se é que ele existe
Na mão
De um babaca qualquer
E seu computador
Ou de uma mulher
Que não me tem por amor

Coisas sem a menor
Importância

Danço por dançar

Compositor: Claudio Joner/Tiago Ferraz

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Estado Das Coisas no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS