Página inicial > E > Espancamente > Fênix Soul E Guerra

Fênix Soul E Guerra

Espancamente


Para quem são os males?
Para quem são os pesares?
Para quem são as queixas?
Para quem são as contendas?
Para quem as meninas sem calça?
Para quem meus olhos vermelhos?

Diz a lenda que o tempo se perde
No elo perdido da mente que percebe
(Espanca)
E a vida segue por caminhos incertos
E eu nem ligo se o fim já 'tá perto

E não importa mais
E solução jamais
Eu não vou mentir pra nimguém
Se a verdade é que eu nunca quis saber mesmo se você
'tava bem

Diz a lenda que uma mente perdida
Sem sentido e nem perspectiva
(Espanca)
Assassinado a sangue frio é Soul e Guerra
E a força dele é a que resurgi das trevas

E não importa mais
E solução jamais
Eu não vou mentir pra nimguém
Se a verdade é que eu nunca quis saber mesmo se você
'tava bem
Se eu não fizer quem faz?
E solidão jamais
Eu não vou fingir ser normal
E a verdade é que eu sempre queis saber se 'cê estava
tudo muito mal.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Espancamente no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS