Samba-enredo 2006

Escola de Samba Dragões da Real


"O homem há de voar, um sonho que virou realidade"


Sou Dragões, sou Real
O futuro vem aí!
E pra eternizar a arte de criar
Vou pousar no Anhembi!

Voei nas asas da memória
Na pré-história decola o meu carnaval
Rompendo limites, barreiras
Reflete o homem em seu espelho natural
Lendas geniais, Insetos imortais
Galopei no céu imaginário
Pipa chinesa, Tapete voador
Asas de cera, Feitiçaria, "Perseguido Inventor"

Voar virou realidade
Santos Dumont, surpreendeu a humanidade
14 Bis, Balões em Paris
É tempo de ser feliz

O sonho se liberta
Faz da vida uma pista de invenções
Paraquedistas, coloridas asa-deltas
Grandes pilotos, manobristas de ilusões
Abram alas no espaço sideral
Rumo às obras e mistérios do Divino
A mensagem do meu ideal
Vem escrita nas estrelas do destino

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Escola de Samba Dragões da Real no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS