Erasmo Carlos
Página inicial > Rock > E > Erasmo Carlos > Manchas E Intrigas

Manchas E Intrigas

Erasmo Carlos

Mesmo que Seja Eu (Box com os discos dos anos 70 e 80)


Passo água nos olhos na manhã seguinte
Nunca estive tão longe de você assim
Espere, não vá me deixar sozinho
O medo quer se apoderar de mim

Vejo manchas, intrigas dentro do nosso astral
Alguma coisa invisível que nos faz mal
será o tempo, será algo que não tenhamos tido
Estamos na luta sem ter abrigo?
Melhor é deixar chover

Esperar o sol secar nosso corpo
Trocar nossas roupas
Que isso limpe nossos pensamentos
E os seus olhos ficam em silêncio
Pra começarmos a sorrir

Passo água nos olhos na manhã seguinte
Nunca estive tão longe de você assim
Espere, não vá me deixar sozinho
O medo quer se apoderar de mim

Vejo manchas, intrigas dentro do nosso astral
Alguma coisa invisível que nos faz mal
será o tempo, será algo que não tenhamos tido
Estamos na luta sem ter abrigo?
Melhor é deixar chover

Esperar o sol secar nosso corpo
Trocar nossas roupas
Que isso limpe nossos pensamentos
E os seus olhos ficam em silêncio
Pra começarmos a sorrir

O sol, pra começarmos a sorrir
O sol, pra começarmos a sorrir
O sol, pra começarmos a sorrir
O sol

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Erasmo Carlos no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS