Nocivos

Epilogue 92


Meus sentimentos, o meu sangue
Estou sangrando por seu atos
As suas palavras fazem mais efeito do que pensa
Esta adaga que você enfiou em mim
Está me matando
Você matou meu sentimentos
Me fez sangrar como uma barata
Eu estou louca, porém lúcida
Meu macaco é nocivo
Tenho sangramento e a minha morte está declarada
Tudo isto é novo, tudo isso é perigoso
Eu lanço a minha arma
Eu sou o meu vômito
É o suficiente, pare e cale a boca
Isso é desumano e irreal
E eu sou o meu próprio assassino
Você não consegue ver, mas agora estou apenas morta
Quem ri por último, ri melhor
E isso é tudo o que tenho a dizer
Você é um enigma e estou cansada demais pra desvendar
Eu sou uma monstra da lagoa
Minhas lágrimas já não representam nada
O meu relógio marca cinco horas da madrugada
Mas eu sei que não é verdade
Eu sou um lento caracol
Uma praga de uma história infernal
Eu sou inofensivo
Eu me mato sozinha, mas você sempre coloca a corda em meu pescoço

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Epilogue 92 no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS