Página inicial > MPB > E > Engrennagem > Icógnita

Icógnita

Engrennagem


Nada é mesmo em vão
As vezes não sabemos o por que de tudo isso
Parece que não vai dar pé
Mas vou viver assim
E aguardar pelo amanhã que me reserva
Não vou perder a fé

E não vai ser agora, que eu

Vou deixar de viver
Não vai ser agora e nem jamais
Vou deixar de viver
Aumenta a pressão que eu quero é mais

Parece que não vai ter fim
A paciência é um mal que me consome
Mas me mantém vivo
Um novo dia está por vir
E com ele o novo brilho
Que está guardado pra mim

Verdade mal contada, fé e crença equivocada
Mentira inocente, ciência mal explicada
Não vou deixar de viver não
Não vou deixar de viver não
Não vou deixar de viver não, não

Letra enviada por Jade Vitureira

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Engrennagem no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS